Nós lutamos pela conservação das florestas tropicais. A sua voz ajuda!
Aqui estamos ativos

Estamos ativos em todo o mundo para apoiar as nossas organizações parceiras nos países tropicais. Leia aqui onde ajudamos e o que fazemos.

  • petições
  • êxitos
  • doações
Mais de 30 pessoas do povo Ka'apor estão em pé, diante de uma casa com pilares de madeira e telhado de palha. As pessoas seguram uma faixa de protesto com a frase: "Fora Wildlife Works do território Ka'apor! Mercado de carbono é falsa solução ambiental!"

Brasil

O povo Ka'apor está reclamando de abusos de negociantes de créditos de carbono em sua floresta

O povo Ka'apor pediu ao Ministério Público Federal no Maranhão que sejam tomadas medidas para que a retirada do pessoal da Wildlife Works em seu território

Plataforma de petróleo sob céu encoberto

1 de fev. de 2024

Por uma verdadeira proteção à natureza: Não joguem lenha na fogueira

Durante a COP 28, oficialmente, a UE defendeu o abandono das energias movida a petróleo, gás e carvão. Na realidade, a UE aposta é em pseudo-soluções caras e perigosas.

o navio MT AASHI indo a pique

68.301 participantes

Indonésia: Betume polui o mar na Ilha de Nias

Um desastre ambiental está ameaçando o mar na Ilha de Nias. Há meses, betume está grudando em recifes de corais, manguezais e na costa. O governo tem de tomar providências!

Protesto durante a COP 28: End fossil fuel. Save our planet and our future

20 de dez. de 2023

Resultado da Conferência do Clima (COP 28): uma decepção para as pessoas e a natureza

A Conferência do Clima da ONU em Dubai acabou e foi uma decepção. Em vez de selarem o “abandono” do petróleo, gás e carvão, simplesmente deliberaram uma “transição”.

Os Ka‘apor medindo suas terras com aparelhos GPS

23 de dez. de 2023

Artigo da nossa revista “Regenwald-Report": Como os Ka’apor protegem sua floresta

Visitamos nossos parceiros no Brasil, dentre eles, os Ka‘apor. Este povo indígena em uma das últimas áreas de floresta tropical do estado do Maranhão.

Um grupo de Ka'apor em frente a uma placa para seu território indígena de Alto Turiaçu

Brasil

Brasil: Famílias Ka'apor são atacadas de madrugada em área de proteção

Invasores atacam famílias Ka'apor do Tuxa Ta Pame dentro de seu próprio território. Indígenas se refugiaram na mata, mas parte do carro coletivo das famílias foi destruído

Mais de 30 pessoas do povo Ka'apor estão em pé, diante de uma casa com pilares de madeira e telhado de palha. As pessoas seguram uma faixa de protesto com a frase: "Fora Wildlife Works do território Ka'apor! Mercado de carbono é falsa solução ambiental!"

Brasil

Brasil: Empresa americana causa conflito entre indígenas Ka’apor para implantar projeto de crédito de carbono

Empresa norte-americana Wildlife Works assedia e divide indígenas do povo Ka’apor no Maranhão para implementar projeto de crédito de carbono em território tradicional

O ambientalista Matek

Malásia

Protetor do meio-ambiente põe madeireira para correr

Em Sarawak, uma madeireira tinha começado a derrubar matas às margens dos rios Ulu Lioh und Ulu Lijan. No entanto, o perigo de a destruição continuar já passou.

Placa do conglomerado de dendê Agropalma, às bordas de uma monocultura de óleo de palma

Brasil

Brasil: Seguranças da Agropalma baleiam indígenas

Indígena da Amazônia reclama da violência brutal dos seguranças do Grupo Agropalma, produtor de óleo de palma. Um indígena foi morto por tiros e dois outros foram feridos.

Vista aérea de mancha colorida de petróleo na Nigéria

62.500 participantes

A indústria petrolífera está poluindo os rios da Nigéria - Isso é para beneficiar a Alemanha?

Ambientalistas na África são contra a exploração de petróleo e gás no continente. Mesmo assim, o governo federal alemão ainda continua querendo importar mais petróleo deles.

Manifestantes marcham com faixas, bandeiras e guarda-chuvas em uma rodovia no Panamá

Panamá

Suprema Corte declara concessão de mineração à exploração de cobre inconstitucional - e os protestos continuam

“Estamos comemorando o triunfo da decisão da Suprema Corte de Justiça, que declarou inconstitucional a mina de cobre”, relata a Radio Temblor – Colectivo Voces Ecólogicas

Assembléia na Vila Gonçalves

77.758 participantes

Amazônia: Grilagem e violência por causa de óleo de palma orgânico, com comércio justo e sustentável

A Agropalma tem dez selos que certificam seu óleo de palma como orgânico, de comércio justo e sustentável, mas muitas das plantações estão em terras apropriadas ilegalmente.

Inscreva-se aqui agora para receber a nossa newsletter.

Continue informado e alerta para proteger a floresta tropical, continuando a receber a nossa newsletter!